HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
Ações da Polícia Militar asseguram a segurança dos foliões durante o Carnaval 2017

Ações da Polícia Militar asseguram a segurança dos foliões durante o Carnaval 2017


Policiamento ostensivo, intervenções educativas e medidas preventivas contribuíram para reduzir crimes durante o período carnavalesco.

Ações da Polícia Militar asseguram a segurança dos foliões durante o Carnaval 2017
Na área de atuação da 6ª Companhia de Polícia Militar Independente, sediada em Leopoldina, o efetivo policial empregado gerou sensação de segurança e garantiu a ordem nos eventos carnavalescos, o que se refletiu nas estatísticas do período. De acordo com a Assessoria de Comunicação, foram registrados apenas três crimes em todos os 15 municípios da Unidade. Destaca-se que nenhum dos registros guarda relação com as festividades do período carnavalesco, tratando-se de fatos isolados e em horários e locais diversos dos eventos.

Ações da Polícia Militar asseguram a segurança dos foliões durante o Carnaval 2017A Polícia Militar de Minas Gerais apresentou o balanço final das ações de segurança do Carnaval 2017. De acordo com os dados levantados pela corporação, os casos de roubos, crimes violentos e homicídios registrados durante a folia caíram, sobretudo na capital mineira, que registrou um público recorde de cerca de três milhões de foliões.

Os números confirmam que, mesmo com o aumento exponencial de turistas, blocos e foliões, as ações da PMMG surtiram efeito. Para que isso fosse possível, um extenso e planejado trabalho foi feito pela corporação com campanhas de conscientização, ações educativas e atendimento à imprensa.

Entre outras ações, a PMMG realizou sobrevoos de helicópteros, intensificou as operações, setorizou as ações de segurança, usou as bases comunitárias móveis, lançou mão de recursos logísticos, utilizou tecnologias de vigilância, concentrou efetivos em locais de maior aglomeração e serviu-se de estratégias de aproximação com as comunidades. Soma-se a isso a ideia de intensificar a presença policial nos blocos cadastrados.

“Mesmo assim, quando encontrávamos um bloco que não era cadastrado, nos organizávamos para ter um mínimo de segurança”, enfatiza o major Flávio Santiago, chefe da Sala de Imprensa da PMMG. Para o major, a principal medida que contribuiu para os resultados positivos foi o grande empenho de toda a corporação. “Tivemos o emprego maciço de militares em todas as noites, onde conseguimos trabalhar com a integralidade da corporação nas atividades urbanas e rodoviárias”, salientou.

O major ressalta ainda que, ao todo, a PMMG acompanhou 600 desfiles carnavalescos por todo o estado e que a corporação conseguiu atender 97% das ligações do 190 entre 5 segundos e 10 segundos. “Isso demonstra o aumento da nossa capacidade de resposta à sociedade”, frisou.

Segurança em todo o estado

A redução das ocorrências foi verificada em todo o estado, incluindo a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), onde os crimes violentos passaram de 1.369 para 853 (queda de 37%), os roubos de 1.267 para 798 (38% a menos) e os homicídios de 34 para 15 (55% de redução). Em Minas Gerais, os crimes violentos caíram 27% (de 2.298 para 1.674), os roubos, 25% (de 1.990 para 1.490), e os homicídios, 31 (86 para 59).

Ações da Polícia Militar asseguram a segurança dos foliões durante o Carnaval 2017
Policiais militares da 6ª Cia PM Ind de Leopoldina.

Ainda de acordo com a PMMG, aumentou o número de presos no estado: 4.349 este ano, ante 3.589 em 2016. Foram apreendidas 373 armas de fogo neste Carnaval, aumento de quase 10% em relação a 2016. Foi registrada também queda na quantidade de furto de celulares – 10% no estado e 25% em BH. “Quando você aumenta o número de batidas e operações se tem um ganho, retorno na apreensão de armas e drogas”, pontuou o major Santiago.

Rodovias

Nas estradas também foi mantido um policiamento ostensivo. Os condutores de veículos foram orientados, tanto nas rodovias estaduais quanto dentro do perímetro urbano. As operações conscientizaram os condutores sobre a importância de não deixar pertences e objetos de valor no interior de veículo, já que muitas pessoas se deslocaram para participar dos blocos e poderiam se descuidar da segurança.

No período do Carnaval, a Polícia Militar Rodoviária realizou um total de 4.422 operações nas rodovias de Minas Gerais, sendo 423 operações de Lei Seca. Foram aplicados 5.325 testes de etilômetro, com 92 prisões por embriaguez ao volante. Quase 75 mil veículos foram fiscalizados nas estradas.

No feriado foram registrados 389 acidentes nas rodovias estaduais, com 424 pessoas feridas e 21 mortos. Houve uma redução de 5,7% no número de acidentes com vítimas não fatais, passando de 228 para 215. A redução de acidentes com vítimas fatais caiu 10%, 20 para 18.

O VIGILANTE ONLINE
Informações: Agência Minas