Contra o corte de cestas básicas funcionários da APA realizam protesto na porta da fábrica


Funcionários também percorreram o quarteirão da empresa, no Bairro Fábrica.

No começo da manhã desta sexta-feira, 19 de maio, funcionários da empresa APA, em Leopoldina, iniciaram uma manifestação na porta da fábrica, localizada na Rua 27 de Abril. O protesto da categoria foi decidido durante assembleia dos trabalhadores, realizada no final da tarde desta quinta-feira, em frente à sede do Sindicato dos Oficiais Alfaiates Trabalhadores e Costureiras de Confecções de Cama Mesa e Banho de Leopoldina e Região, na Rua Presidente Carlos Luz, no centro da cidade, e foi motivado pelo anúncio de cortes das cestas básicas fornecidas aos funcionários da empresa.

De acordo com as informações, atualmente 701 funcionários estão em atividade na empresa. Washington Luiz da Silva, presidente do Sindicato, disse que desde sua fundação a fábrica vem pagando esta cesta básica ao trabalhador, que já faz parte do seu salário. “A paralisação é a única forma do trabalhador reivindicar seus direitos. Nós temos a obrigação de apoiá-los.”

A vice presidente do Sindicato, Juliana de Souza, esclareceu que conversou com um representante da empresa, que não teria cedido à reivindicação de manter as cestas. “Chegou ao nosso conhecimento que a empresa pretende cortar a cesta básica, que é um direito adquirido pelo trabalhador. Nós vamos lutar para que este direito não venha a ser cortado. Se a empresa tem sucesso é graças ao trabalho dos funcionários.

Gritando palavras de ordem, os manifestantes se concentraram no portão principal da APA e em seguida participaram de uma caminhada pelo quarteirão do Bairro Fábrica. Durante o percurso, em muitos trechos os trabalhadores receberam apoio de populares.

A Polícia Militar acompanhou as manifestações. A reportagem do Jornal O Vigilante Online, à exemplo do que fez ontem na cobertura da assembleia da categoria, entrou em contato com a empresa, que novamente não se manifestou. Uma Nota à imprensa deverá ser divulgada pela companhia.

O VIGILANTE ONLINE

 

 

Funcionários da APA programam manifestação para esta sexta em Leopoldina

Mais Notícias