SOL E NEVE
PIT STOP
ASAS MOTOPEÇAS

Desrespeito ao meio ambiente e lixo jogado em passeio público geram indignação


DENÚNCIAS

Através de fotos, o radialista Jorge Antônio Silva mostra o trecho entre as Ruas Helena Junqueira Bastos e Juvenal Carneiro onde lixo e entulho, tanto nas margens do córrego quanto nos passeios públicos, revelam o comportamento de alguns cidadãos. Moradores do Bairro São Cristóvão também fizeram reclamações.

Da Redação
Jornal O Vigilante Online

 O radialista e cronista esportivo Jorge Antônio Silva, que apresenta pela Rádio Jornal de Leopoldina o programa “Na Marca do Pênalty”, de segunda à sexta-feira, das 12h00 às 13h00, encaminhou para a redação do jornal O Vigilante Online algumas imagens do córrego Feijão Cru na região do Bairro Fábrica, onde reside. Segundo Jorge Antônio, algumas pessoas insistem em continuar sujando e poluindo a cidade através de práticas condenáveis, como jogar lixo e outros materiais no curso d’água e até mesmo nos passeios, destinados aos pedestres: “Um verdadeiro desrespeito ao meio ambiente e uma agressão ao Feijão Cru”, comentou em sua página nas redes sociais o radialista.

As fotos demonstram que entre a Rua Helena Junqueira Bastos e Rua Juvenal Carneiro, as margens do córrego e alguns trechos do passeio público estão com muita sujeira. Jorge Antônio conclui observando que reconhece o trabalho de limpeza feito pela Prefeitura e reclama novamente do comportamento de algumas pessoas que não se incomodam em sujar e poluir a cidade em que vivem: “Estas atitudes criminosas cometidas por estas pessoas, proporcionando a proliferação de ratos, pernilongos e outros bichos, causam danos à nossa saúde. Não adianta o poder público fazer a sua parte se não fizermos a nossa. É preciso criar leis em nosso município que possam punir com rigor estes irresponsáveis. Fica aqui a minha indignação”, afirmou.

Recentemente, a roçada e limpeza nas margens do córrego Feijão Cru foram realizadas naquela região, mas os serviços já se fazem necessários novamente.

Descaso

Na Avenida Funchal Garcia, Bairro São Cristóvão, o problema está em frente ao campo de futebol e a quadra de esportes. Segundo uma leitora, seus pais são de idade e moram ao lado deste local. “É muito mau cheiro, ratos, tudo que possa imaginar. Já pedimos na Prefeitura e ninguém faz nada. Já virou um lixão. Meus pais nem podem tomar um sol na calçada. É insuportável”, comentou, acrescentando que a casa pertence ao seu irmão há 30 anos e sempre foi esse matagal, “mas agora meus pais moram aqui há 3 anos e virou um lixão. Ontem colocaram fogo e os ratos passam para o quintal deles. Tá sem condições de viver com isso”, concluiu seu apelo às autoridades.


No dia 2 de setembro o jornal O Vigilante Online publicou matéria abordando a falta de manutenção na Avenida Funchal Garcia e Rua José Gomes Domingues, no São Cristóvão. Na reportagem, que apresentou fotos dos materiais depositados em terrenos, o leitor dizia que o problema sempre existiu, porém, a situação dos terrenos abandonados no bairro tem ficado insuportável. Segundo ele, o local tem muita sujeira que atrai ratos e urubus. O internauta também reclamou da situação das vias e bueiros que estão danificados, informou sobre uma residência abandonada, com risco de foco de doenças e a constante presença de marginais e usuários de drogas, lembrando que o mato alto também tem sido um problema. Relembre a matéria clicando aqui.

Mais Notícias