SOL E NEVE
PIT STOP
ASAS MOTOPEÇAS

Equipe Luis Silva Fight homenageia vencedor da 1ª etapa do Campeonato Mineiro Interestadual de Muaythai


Em setembro, Othon Johnson disputará a segunda etapa da competição, em Bom Despacho – MG.

Homenagem foi realizada na Academia LSF CHAKURIKI, quando foram entregues ao atleta uma placa comemorativa, um cartão e um presente em nome de todos da equipe.

Por Júlio Cesar Martins e José Augusto Cabral
Jornal O Vigilante Online

 A equipe Luis Silva Fight (LSF) CHAKURIKI de Leopoldina, reuniu-se na noite desta sexta-feira, 14 de julho, para homenagear seu atleta Othon Johnson Francisco da Silva, de 20 anos, vencedor da Primeira etapa do Campeonato Mineiro Insterestadual de Muaythai, realizada no dia 8 de julho na cidade mineira de Luz, região Central de Minas Gerais.

A homenagem foi realizada pouco depois das 20h30 na Academia LSF CHAKURIKI, na Rua Sindicato Têxtil, Bairro Fábrica, quando foram entregues ao atleta uma placa comemorativa, um cartão e um presente em nome de todos os atletas da equipe.

 De acordo com o mestre Luis Silva (foto), a delegação viajou na véspera da competição, no dia 7 de julho, saindo de Leopoldina com destino ao município de Luz, onde chegaram por volta das 22h30.

A luta, entre Othon Johnson e um atleta da cidade de Luz, aconteceu às 17h00 do sábado. O evento contou com 46 lutas e terminou por volta das 04h00 do domingo (9). “Ano passado o atleta Othon foi campeão mineiro interestadual e este ano ele está disputando o bicampeonato na categoria de 67 Kg. Sendo campeão disputará o Brasileiro, que ele também já foi campeão em 2016”, informou Luis Silva.

 Othon Johnson treina há 4 anos na LSF CHAKURIKI em Leopoldina, está muito bem física e tecnicamente e já está voltando aos treinos após a luta, preparando-se para a segunda etapa do Campeonato Mineiro, que será realizada em setembro na cidade de Bom Despacho, Minas Gerais.

 “A partir de agora os competidores são mais pesados. E nós aproveitamos para agradecer ao fisioterapeuta Marcelo Machado, que com o seu apoio veio para agregar, ajudando o nosso atleta. Agradecemos também a toda equipe LSF CHAKURIKI, pois sem a nossa equipe não seria possível o Othon evoluir tanto”, destacou o mestre.

A atleta Renata fez a entrega da placa em nome de todos da academia.

Momento em que a atleta Danielle Pinho Nogueira fazia a leitura do cartão em homenagem ao atleta Othon.

Othon Johnson ganhou de presente dos amigos da LSF um par de luvas e uma bandagem, materiais muito importantes para o atleta.

Atualmente, a equipe Luis Silva Fight CHAKURIKI conta com aproximadamente 200 alunos. “Dois dos nossos atletas estão disputando os campeonatos mineiro e interestadual”, revelou Luis Silva à reportagem. “O nosso sistema busca fazer o atleta evoluir ao nível de competição, para que ele possa se tornar um profissional nas artes marciais”, prosseguiu o mestre, esclarecendo que a partir dos 7 anos de idade a criança já estaria em condições razoáveis para iniciar na prática esportiva.

Os interessados em participar da equipe Luis Silva Fight CHAKURIKI podem entrar em contato diretamente com o mestre Luis Silva nos dias dos treinos ou através do Telefone/whats app 98849 9601. “Nós treinamos Muaythai, Kickboxing, Boxe e Karatê de contato, que são modalidades que pertencem ao nosso sistema de treinamento chamado Chakuriki. As aulas são realizadas de segunda à sábado nos horários de 07h00, 09h00, 17h30 19h00, 20h30 e aos sábados um treino externo, quando reunimos os atletas para correr e fazer atividades”, acrescentou Luis Silva.

Othon Johnson entre Danielle Pinho Nogueira e Luis Silva, treinador responsável por todo este sistema em Leopoldina.

A equipe LSF pertence ao grupo Chakuriki, que teve sua origem na Holanda, criado em 1972 pelo mundialmente conhecido Grão Mestre Thom Harinck, a lenda do K1.  No dia 5 de junho, Luis Silva esteve com Thom Harinck, durante o Seminário internacional sobre o estilo Chakuriki, realizado na cidade de Matias Barbosa.  

A escola Chakuriki foi trazida para o Brasil pelo mestre Carlos Silva, de Juiz de Fora, de quem Luis Silva é aluno e adotou o sobrenome “Silva” em sua homenagem.

A Equipe LSF CHAKURIKI de Leopoldina com o Mestre Carlos Silva da Chakuriki Brasil Juiz de Fora.

 

Equipe LSF de Leopoldina participa de Seminário Internacional ministrado pelo Grão Mestre Thom Harinck

Mais Notícias