HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT

Estado confirma morte de humano por febre amarela em Carangola

Estado confirma morte de humano por febre amarela em Carangola

Caso é o primeiro em 2017 na Zona da Mata. Além do óbito, outras duas ocorrências estão em investigação na cidade.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou o primeiro caso de morte em humanos por febre amarela na Zona da Mata. De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado na tarde desta quarta-feira, 18 de abril, o óbito ocorreu em Carangola. Além deste caso, outros dois estão em investigação na cidade, também em humanos.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Saúde da cidade para saber quando os casos foram registrados e quais providências serão tomadas e aguarda retorno. Estas foram as únicas atualizações na Zona da Mata e Campo das Vertentes com relação ao último relatório do Estado, que tinha sido divulgado na quarta-feira (12).

Antes, a região já aparecia com casos em diversas cidades, tanto em humanos quanto em macacos:

Casos de febre amarela em humanos: Carangola (2) e Divino (1)

Óbito em humano causado por febre amarela: Carangola (1)

Casos de febre amarela confirmados em macacos: Divino, Ewbank da Câmara, Leopoldina e Juiz de Fora

Casos de febre amarela em investigação em macacos: Além Paraíba, Argirita (Sul de Minas), Belmiro Braga, Brás Pires, Cataguases, Dona Euzébia, Fervedouro, Goianá, Lima Duarte, Muriaé, Recreio, Rio Novo, São João del Rei, Senhora dos Remédios, Tocantins, Ubá, Viçosa e Visconde do Rio Branco.

Rumores: Arantina, Bias Fortes, Carandaí, Chácara, Espera Feliz, Faria Lemos, Mar de Espanha, Maripá de Minas, Matias Barbosa, Pedro Teixeira, Piau, Santa Rita de Ibitipoca, Santo Antônio do Aventureiro, Senador Cortes e Tombos.

Em todo o estado, foram notificados 1.130 casos suspeitos em humanos, distribuídos entre 98 municípios. O número total de cidades com casos em animais confirmadas para febre amarela é de 110. Ocorrências seguem sendo investigadas em 148 municípios e há rumores em outras 163 cidades.

Leopoldina

MACACO MORTO CEFET O VIGILANTE ONLINE 2Terminou nesta terça-feira (19) o trabalho de bloqueio no Centro de Leopoldina, depois que um mico foi encontrado morto no terreno na unidade do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet) no último sábado (15). Até agora, foram cinco macacos mortos na cidade. A Prefeitura aguarda o resultado do exame que determina a causa da morte de quatro deles.

Assim que o animal foi encontrado, foram acionados os setores competentes para o recolhimento e envio do corpo para Belo Horizonte. O Cefet destacou que a instituição realiza campanhas de conscientização constantes. Ainda segundo a instituição, há uma mata próxima e, por isso, os micos são vistos frequentemente na unidade.

Prevenção
Este foi o segundo macaco recolhido na região Central e o terceiro encontrado morto na cidade em abril, segundo o Coordenador de Combate a Endemias da Prefeitura, Moisés Gonçalves Martins. “Como em todos os demais registros, realizamos as ações de bloqueio com fumacê até esta terça-feira (18) em até dois quilômetros de distância no bairro. Agora aguardamos o resultado e preferimos prevenir a ter que remediar depois”, afirmou.

O VIGILANTE ONLINE
Fonte: G1 Zona da Mata

posts relacionados

06 – Banner Central  – 664x90px WHATSAPP OVIGILANTE