SOL E NEVE
PIT STOP
ASAS MOTOPEÇAS

Hemominas promove conscientização de jovens com o Programa Doador do Futuro


MINAS GERAIS

Ação realizada em parceria com escolas municipais e estaduais completa 30 anos em 2017 e já beneficiou mais de 320 mil estudantes.

Com a proposta de estimular em crianças e jovens a consciência e responsabilidade quanto a uma futura atitude e sensibilização para o ato de doar sangue, a Fundação Hemominas desenvolve, desde 1987, o Programa Doador do Futuro. Consistindo na promoção de palestras e outras atividades junto às escolas públicas e privadas do estado de Minas Gerais, o programa desenvolve um trabalho educativo, desmitificando tabus e crendices que, muitas vezes, prejudicam o ato de doação voluntária de sangue. A expectativa é favorecer uma mudança comportamental, trazendo reflexos positivos para toda a sociedade.

Com o programa, espera-se que as crianças e jovens tornem-se multiplicadores do conhecimento adquirido nas palestras e, assim, sejam capazes de disseminar a informação à população, tornando-se responsáveis por mobilizar outros candidatos à doação. Em paralelo às palestras, os jovens participam do Hemotur, uma visita guiada para conhecimento de todas as etapas do processo, desde o cadastro do doador até a doação propriamente dita, na sala de coleta. 

A gerente de captação e cadastro da Fundação, Heloísa Gontijo, ressalta a importância e alcance do programa ao mobilizar e conscientizar aqueles que ainda não são doadores de sangue. “O Doador do Futuro tem como objetivo principal preparar as crianças e jovens para a realização de uma doação de sangue consciente e responsável, além de incentivá-los a se tornarem, de imediato, multiplicadores de informações sobre a importância e necessidade de realização da Doação Voluntária de Sangue”, afirma.

Cada unidade da Fundação Hemominas, por meio do setor de Captação e Cadastro de doadores, organiza e viabiliza, ao longo do ano, palestras e atividades nas escolas, nas próprias unidades e em outros espaços públicos. As ações fazem parte da agenda de atividades de extensão do setor de captação e cadastro de doadores.

Sobre o Programa

A formação do Doador do Futuro é prática cotidiana na Fundação Hemominas e está presente em todas as unidades da rede. Entre os anos 2004 e 2016, foram realizadas 7.364 palestras, alcançando 313.432 alunos nas escolas do estado. Todo o trabalho realizado pela Fundação Hemominas aponta para resultados satisfatórios.

De acordo com Heloísa Gontijo, “é possível perceber os resultados quando verificamos que quase a metade de nossos doadores tem até 29 anos, ou quando recebemos pais, irmãos, amigos e outras pessoas que se tornaram doadores em virtude do trabalho de conscientização desenvolvido com essas crianças e jovens”, conclui.

 

Gincana Doador do Futuro

Além das habituais palestras e Hemotur, a equipe do setor de Captação do Hemocentro de Belo Horizonte organiza junto às escolas a Gincana Doador do Futuro. Trata-se de um trabalho multidisciplinar que abrange os alunos, professores, pais, amigos, que realizam tarefas de pautadas pelo ensino e aprendizagem sobre a doação de sangue.

Durante a gincana são formadas equipes com várias escolas, que encaram o desafio de cumprir diversas tarefas, abrangendo o encaminhamento de candidatos à doação de sangue, divulgação nas redes sociais e apresentações artísticas.

Implantação do projeto

O projeto-piloto do Programa Doador do Futuro surgiu em 1987, durante o XIV Congresso do Colégio Brasileiro de Hematologia, realizado em Belo Horizonte no Minas Centro. Por ser a primeira instituição do Brasil a investir na formação de futuros doadores, no ano de 2000, a Hemominas foi premiada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), no Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril.

Por Hemominas / ASCOM

Mais Notícias