HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT

Rede de Comércio Monitorado é implantada em Leopoldina pela Polícia Militar


LEOPOLDINA

Parceria da PM com a ACIL e comerciantes locais visa dar maior segurança para a comunidade.

Os interessados em participar do projeto “Comércio Monitorado – Rede de Proteção Preventiva”, podem entrar em contato com a 6ª Cia PM Ind para se informarem dos procedimentos necessários para integrarem a rede.

Por Júlio Cesar Martins
Jornal O Vigilante Online

A 6ª Companhia de Polícia Militar Independente iniciou na manhã desta segunda-feira (24), a distribuição dos primeiros selos da campanha “Comércio Monitorado – Rede de Proteção Preventiva” em Leopoldina, identificando 30 estabelecimentos comerciais que aderiram ao projeto.

Com a presença de policiais militares e comerciantes, os selos adesivos foram colocados nas vitrines e em locais de destaque das lojas. De acordo com a Soldado Josi (foto), que participou da mobilização para implantação do projeto em Leopoldina, a partir do dia 15 de maio deste ano foram realizadas três reuniões com os empresários na sede da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Leopoldina. A Sargento Edleny esclareceu que as reuniões foram de mobilização e sensibilização para apresentação do projeto, divisão em elos, com o agrupamento dos estabelecimentos comerciais, trocas de telefones, dentre outros procedimentos.

O Comandante do 1º Pelotão PM de Leopoldina, Tenente Getúlio (foto), acompanhou a colocação dos selos do projeto. Ele afirmou que a Polícia Militar, preocupada com a segurança pública e dos demais segmentos da sociedade está implantando em Leopoldina a rede de comércio monitorado. “A nossa preocupação maior é dar maior visibilidade e segurança para a comunidade de Leopoldina, dentre eles os comerciantes e consumidores. A própria Constituição fala que a segurança pública é um dever do Estado, direito e responsabilidade de todos. Esse trabalho é interativo entre a comunidade, principalmente a área comercial junto com a Polícia Militar, com o objetivo de dar maior segurança aos clientes que vêm ao comércio para fazerem suas compras e também aquelas pessoas que estão nos visitando e utilizam o nosso comércio”, afirmou o militar.

Nesta primeira etapa de implantação do projeto, 30 lojas participam da iniciativa. Elas estão distribuídas pela região central da cidade, ruas Cotegipe, Tiradentes, Bairro do Rosário, Seminário, Chácara Dona Euzébia, devendo se expandir para regiões como o Bela Vista, por exemplo.

Degmar Cachoeira dos Anjos – Didi (foto), sócio proprietário da loja Ideal Magazine na Rua Cotegipe, foi o primeiro estabelecimento a receber o selo de comércio monitorado da rede proteção preventiva. Ele contou que quando surgiu junto à ACIL o projeto da rede monitorada da Polícia Militar o grupo Ideal Magazine logo aderiu a esse compromisso, porque é a vantagem de uma segurança a mais para o comércio local. “Em parceria com a Polícia Militar, todos nós comerciantes temos a obrigação de ajudar na segurança pública. Isso vem a acrescentar demais no nosso trabalho. A PM está de parabéns pelo projeto da rede monitorada”, destacou Didi.

Os interessados em participar do projeto “Comércio Monitorado – Rede de Proteção Preventiva”, podem entrar em contato com a 6ª Cia PM Ind para se informarem dos procedimentos necessários para integrarem a rede.

clique na imagem para ampliá-la

DOCTUM OLIMPÍADA ACADÊMICA
DOCTUM OLIMPÍADA ACADÊMICA