TOP BANNER FADECIT E SOL E NEVE
TOP BANNER FADECIT E SOL E NEVE
TOP BANNER FADECIT E SOL E NEVE
SENHOR DO TEMPO

SENHOR DO TEMPO

Jornal O Vigilante Online. Conteúdo diversificado e informação relevante. Envie sua notícia, crítica ou sugestão: 32-991734242.

“Vida louca, vida breve

Já que eu não posso te levar

Quero que você me leve”

[Música: Vida louca vida]

Cazuza

Como de hábito começo a escrever meu texto na madrugada, e me coloco a pensar que quando o dia termina ou quando percebemos que já chegou sexta-feira ou dezembro é que geralmente nos damos conta: Nossa! Que loucura! O tempo passou tão depressa que nem percebemos.

“É claro que tudo na vida é impermanente: a começar pelos segundos do tempo. Essa noção de que tudo move e que um novo cenário surge a cada momento, é necessário para que todos aceitem as mudanças na vida.”É justamente nesses momentos da vida que a maioria de nós passa a se sentir angustiado, acometidos por aquela incômoda sensação de dever não cumprido. E assim nos sentimos, angustiados, pela dificuldade em conseguir  realizar os inúmeros deveres diários. Pois, nosso ritmo biológico ou psicológico não é o mesmo da máquina do tempo que impiedosamente corre.

Contudo, essa transitoriedade da vida também pode ser positiva porque as vezes coisas ruins acontecem conosco e achamos que elas nunca vão passar. Mas passam! E aquela velha história que sempre se repete: o tempo é o melhor remédio.

Não só as coisas ruins, mas as boas também acabam. Não podemos é ser envolvidos com coisas inúteis e nos deixarmos ser dominados pelo sentimentos de angustia de acharmos que o momento ruim será eterno. Também não podemos nos empolgar e acharmos que os bons momentos perdurarão para sempre. A verdade que tudo é transitório nesta vida e tudo passa.

senhor do tempoNo linguajar popular existem expressões populares que minimizam de certa forma essas angústias, tais como: Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca termine. Ou ainda: O tempo é o melhor remédio, entre outros.

Como estamos em dezembro as vésperas da festas de final de ano, acho que todos somos tomados por essa sensação de angustia naturalmente, em algum momento paramos para analisar como foi nosso ano, o que realizamos, no que acertamos e no que erramos. E neste momento o valor da transitoriedade ganha notoriedade e percebemos o valor da escassez no tempo.  

“É claro que tudo na vida é impermanente: a começar pelos segundos do tempo. Essa noção de que tudo move e que um novo cenário surge a cada momento, é necessário para que todos aceitem as mudanças na vida.”
Como afirma Freud: “A limitação da possibilidade de uma fruição eleva o valor dessa fruição. Era incompreensível, declarei, que o pensamento sobre a transitoriedade da beleza interferisse na alegria que dela derivamos. Quanto à beleza da Natureza, cada vez que é destruída pelo inverno, retorna no ano seguinte, do modo que, em relação à duração de nossas vidas, ela pode de fato ser considerada eterna. A beleza da forma e da face humana desaparece para sempre no decorrer de nossas próprias vidas; sua evanescência, porém, apenas lhes empresta renovado encanto. Um flor que dura apenas uma noite nem por isso nos parece menos bela”. É claro que tudo na vida é impermanente: a começar pelos segundos do tempo. Essa noção de que tudo move e que um novo cenário surge a cada momento, é necessário para que todos aceitem as mudanças na vida.

Sobre essa questão, Lao Tsé deixa os ensinamentos: ”O homem luta, sofre, morre, quebra-se de encontro às muralhas da vida. Quando conquista posições, colhe honrarias e posses materiais. A fama sobe-lhe à cabeça e com ela o desejo de perpetuar uma situação transitória. O grande herói é, entretanto, o que conhece a si mesmo. É invencível. É rei, apesar de mendigo. Ao morrer não deixa de existir, pois alcançou a imortalidade.”

Acho que o todo final de ano é um bom momento para refletirmos sobre a passagem do tempo e como ela influência em nossa vida.  Bom momento ainda para percebermos como é importante viver o dia a dia conscientes da nossa fruição inevitável.  

Como brilhantemente cantou a banda Charlie Brown Jr em sua música Senhor do Tempo: “Eu não sou o senhor do tempo, mas eu sei que vai chover. Me sinto muito bem quando fico com você. Eu tenho habilidade de fazer histórias tristes . Virarem melodia, vou vivendo o dia a dia. Na paz, na moral, na humilde, busco só sabedoria; Aprendendo todo dia, me espelho em você; Corro junto com você, vivo junto com você; Faço tudo por você; Seguindo em frente com fé e atenção; Continuo na missão continuo por você e por mim; Porque quando a casa cai; Não dá pra fraquejar, quem é guerreiro tá ligado; Que guerreiro é assim;  O tempo passa e um dia a gente aprende; Hoje eu sei realmente o que faz a minha mente; Eu vi o tempo passar, vi pouca coisa mudar; Então tomei um caminho diferente; Tanta gente equivocada faz mau uso da palavra; Falam, falam o tempo todo, mas não tem nada a dizer; Mas eu tenho santo forte, é incrível a minha sorte; Agradeço todo tempo por ter encontrado você; O tempo é rei, e a vida é uma lição; E um dia a gente cresce; E conhece nossa essência e ganha experiência; E aprende o que é raiz, então cria consciência; Tem gente que reclama da vida o tempo todo; Mas a lei da vida é quem dita o fim do jogo; Eu vi de perto o que neguinho é capaz por dinheiro; Eu conheci o próprio lobo na pele de um cordeiro; Infelizmente a gente tem que tá ligado o tempo inteiro; Ligado nos pilantra e também nos bagunceiro;E a gente se pergunta por que a vida é assim?É difícil pra você e é difícil pra mim; Eu não sou o senhor do tempo, mas eu sei que vai chover; Me sinto muito bem quando fico com você; Eu tenho habilidade de fazer histórias tristes; Virarem melodia vou vivendo o dia-a-dia;Na paz, na moral, na humilde busco só sabedoria; Aprendendo todo dia me espelho em você; Corro junto com você, vivo junto com você, faço tudo por você; Vivendo nesse mundo louco hoje só na brisa; Viver pra ser melhor também é jeito de levar a vida…Vem que o bom astral vai dominar o mundo! …Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida”.

Eu não sei como foi seu ano, nem o que espera do futuro, nem como esta seu presente, mas tenho certeza de que você vai olhar para trás e vai ver que o tempo tem o poder de transformar tudo!

PS: Feliz Natal e um Prospero Ano Novo a todas e todos!

Alessandro Rubim Barbosa é advogado.

posts relacionados

06 – Banner Central  – 664x90px WHATSAPP OVIGILANTE