HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT
HORIZONTAL – TOP BANNNER SOL E NEVE, ASAS MOTOPEÇAS & FADECIT

V Exposição Nacional de Cabras Leiteiras será realizada de 31 de outubro a 5 de novembro


LEOPOLDINA/EVENTOS

Considerada o maior evento da caprinocultura leiteira do Brasil, a Exposição contribui para o fortalecimento de Leopoldina e região no cenário nacional.

Jaci Honório Toledo e Cristiano Fófano.

Da Redação
Jornal O Vigilante Online

De 31 outubro a 5 de novembro o município de Leopoldina sediará a V Exposição Nacional de Cabras Leiteiras, considerado o maior evento da caprinocultura leiteira do Brasil. O evento, voltado para o agronegócio, será realizado no Parque de Exposições José Ribeiro dos Reis e já teve a confirmação da presença de representantes de quatro estados do nordeste e também do Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, além de Minas Gerais.

De acordo com Jaci Honório Toledo (foto), presidente da Caprileo, o maior contingente que participará da V Exposição Nacional de Cabras Leiteiras é de São Paulo, de onde um criador trará quatro raças, em torno de 80 animais. “Um prefeito, da cidade de São Paulo do Potengi, no Rio Grande do Norte, me ligou informando que conseguiu viabilizar um ônibus com o SEBRAE e que 40 produtores rurais daquela região do interior do Rio Grande do Norte participarão da nossa Exposição”, comentou, acrescentando que daquele estado o criador Jéferson Marinho, do Capril Barrenta, também confirmou sua participação na V Exposição.

Ao lado do diretor de marketing da Caprileo, o designer gráfico Cristiano Fófano, Jaci Honório contou que estão trabalhando na produção da Exposição desde janeiro de 2016. “Toda a produção de comunicação visual do evento tem como responsável o Cristiano”, informou Jaci, antecipando que durante o evento haverá o torneio leiteiro e julgamento de pista das quatro raças.

Sobre o setor caprinoleiteiro, Jaci esclareceu que em 2006, 11 criadores produziam uma média de 74 mil litros de leite por mês e hoje são 13 criadores que estão produzindo 470 mil litros por ano, 39.600 litros por mês de média. “Hoje a Caprileo conta com associados em Leopoldina e vários municípios, o que é muito importante porque a gente regionaliza toda essa parte de caprinoleiteiro e hoje, dentro da produção nacional, estamos em torno de 22% saindo dos associados da Caprileo, 99% para o mercado do Rio de Janeiro”, revelou.

“A cada ano a caprinocultura vem se consolidando, principalmente no município de Leopoldina”, afirmou Jaci. “Contamos com 5 laticínios que compram o leite da nossa região, o principal deles é a Caprilat, que é de Friburgo. Temos também o laticínio Rancho dos Sonhos, de Niterói, o laticínio Rancho Grande, próximo a São Gonçalo, o Capril Devile em Três Rios e laticínio Genève. Esses laticínios é que absorvem toda a nossa produção. O caminhão coleta de dois em dois dias nas propriedades e leva a produção direto para o laticínio”, detalhou. Outra novidade relatada pelo presidente Jaci Honório dá conta de que a Caprileo partiu agora para o incentivo à produção de caprinos de corte.

Jaci Honório Toledo destacou o apoio da Cooperativa Leste, cuja diretoria da entidade fez um contrato de comodato com a Caprileo repassando o Parque com os pavilhões: “Nós teremos as despesas de água e energia elétrica e todo o material que formos usar para realizar a Exposição”, esclareceu, mencionando também o apoio que a Caprileo vem recebendo da Prefeitura de Leopoldina, na pessoa do prefeito José Roberto e do Secretário de Esportes, Lazer e Turismo Edvaldo Franquido Donato do Vale.

“Convidamos a população de Leopoldina e região para participar conosco deste evento, que com certeza é a maior exposição de cabras leiteiras do Brasil”, concluiu o presidente da Caprileo.

FIC CATAGUASES