SOL E NEVE
PIT STOP
ASAS MOTOPEÇAS

Viçosa registra 7º homicídio em menos de 10 dias


REGIÃO

Nesta sexta-feira (1º), um adolescente foi morto a tiros em bairro da cidade. Somente neste ano já ocorreram 30 mortes e o número de crimes violentos tem preocupado as autoridades.

Um adolescente de 17 anos foi morto a tiros nesta sexta-feira, 1º de setembro, no Bairro de Lourdes, em Viçosa. Segundo a Polícia Militar, esse é o sétimo homicídio registrado na cidade nos últimos oito dias. Desde janeiro, já ocorreram 30 mortes e o número de crimes violentos tem preocupado as autoridades.

No caso registrado nesta sexta-feira, a vítima foi baleada em uma oficina. O adolescente chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. Até esta publicação, não havia informações sobre suspeitos ou a motivação do crime. De acordo com o G1 Zona da Mata, Viçosa bateu recorde em 2017 em casos de crimes violentos, atingindo os números mais altos desde 2012, quando foi iniciada a série histórica dos registros da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP).

A atual sequência de homicídios começou na sexta-feira, dia 25 de agosto. Conforme dados da PM, com exceção de terça-feira (29), houve pelo menos um assassinato por dia no município.

Com pouco mais de 70 mil habitantes, Viçosa registrou uma média de um homicídio por dia desde sexta-feira, 25 de agosto. Foto: Amanda Carolina de Oliveira Lima/VC no G1

Reunião de emergência
O prefeito Ângelo Chequer (PSDB) se reuniu nesta quinta-feira (31) com representantes da Polícia Civil e da PM para falar sobre o número de homicídios e outros crimes violentos registrados na cidade nas últimas semanas.

Participaram da reunião o delegado geral da 5º Delegacia Regional de Polícia Civil, Mauro Guimarães, o delegado responsável pela investigação de homicídios, Fábio Moura, e o tenente Leonardo Campos representando a 10ª Companhia Independente de Polícia Militar.

Durante o encontro, as autoridades policiais informaram que a maioria dos crimes violentos registrados tem relação com o tráfico de drogas e disputas entre grupos rivais pelo domínio do tráfico. Eles também disseram que a investigação de vários desses casos está avançada, mas não foram dados detalhes.

Jornal O Vigilante Online
Fonte: G1 Zona da Mata

Mais Notícias