SOL E NEVE
PIT STOP
ASAS MOTOPEÇAS

A volta por cima do Centro Estadual de Atenção Especializada de Leopoldina


LEOPOLDINA

Da Redação
Jornal O Vigilante Online

O Centro Estadual de Atenção Especializada (CEAE) em Leopoldina recebeu a visita da supervisão da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES MG), no dia 21 de agosto. De acordo com Júlio Cesar da Silva Oliveira, Gerente Administrativo do CEAE no município, a fiscalização no geral ocorre em períodos anuais, mas em casos específicos ocorre em períodos determinados pela SES.

 Ainda há os monitoramentos por telefone e com acompanhamento das Referências Técnicas das Gerências Regionais de Saúde (GRS). Aqui na GRS a nossa Responsável é Dora Camila. A fiscalização da SES esteve no CEAE Leopoldina em 2016 e havia feito algumas orientações que deveriam ser seguidas, caso contrário o CEAE correria o risco de ser descredenciado e ter as suas atividades encerradas. Quando voltaram em março de 2017 constataram que as coisas não estavam funcionando conforme as orientações”, esclareceu Júlio Cesar (foto), frisando que o CEAE teve três meses para melhorar a situação. “Ou melhor, realizar um milagre de gestão. Passaram-se quatro meses. Contratamos profissionais, a Coordenadora Assistencial Natália de Souza Andrade foi contratada e somou muito em termos de reorganização dos processos de trabalho, de sorte que em pouco mais de quatro meses recebemos uma nova visita na segunda-feira, 21 de agosto, que por sinal foi o dia das visitas, pois no mesmo também tivemos a visita da VISA, acenando com a liberação de nosso Alvará de funcionamento.”

Júlio Cesar relembrou que durante reunião no Nível Central em Belo Horizonte, foi solicitada que o CEAE Leopoldina tivesse mais tempo para organizar, trabalhar e manter o serviço. “A partir deste dia nos organizamos, contratamos profissionais e o resultado segundo a SES em sua visita técnica foi que realizamos um ‘milagre’ e o CEAE, que estava fadado ao fechamento ressuscitou e agora está seguindo no caminho certo para se tornar uma referência no atendimento aos seus usuários, inclusive ajudando a mediar situações conflitantes, organizando fóruns de debates, como foi o nosso primeiro encontro em Belo Horizonte”, observou o Gerente Administrativo.

“Eu assumi a Gerência em um dia e no dia seguinte, 16 de março, eles voltaram e após fiscalização anunciaram que iriam fechar o CEAE. Diante desta notícia houve uma mobilização de todos os atores sociais envolvidos, inclusive contando com as presenças dos prefeitos William Lobo, de Cataguases e José Maria Barros, de Recreio. Fomos a BH e solicitamos mais um tempo para adequação”, contou Júlio Cesar – Gerente Administrativo do CEAE Leopoldina, que também ressaltou o apoio recebido do Prefeito de Leopoldina, José Roberto de Oliveira e da Secretária Municipal de Saúde, Lúcia Gama.

 O CEAE Leopoldina é uma referência em gestão e transparência, além do pioneiro em movimentação de integração entre todos os CEAEs de Minas Gerais. “Com a permanência de nossas atividades, além de ter a garantia de recursos, vislumbramos a possibilidade de ampliar nossa carteira de atendimento, beneficiando nossos usuários”, destacou Júlio Cesar, acrescentando que “hoje também representamos a mediação entre a SES e os CEAEs no Estado de Minas Gerais com a proposta a partir da unificação dos Centros fomos convidados pela SES para formar a Câmara técnica que irá propor mudanças nas Resoluções que controlam o funcionamento dos CEAEs. Inclusive nesta segunda-feira, 11 de setembro, informando que os repasses foram liberados e a partir desta terça-feira, 12 de setembro, já estarão nas contas das prefeituras”, concluiu.

O CEAE em Leopoldina está localizado na Rua Presidente Carlos Luz, esquina com Rua Cândido Ladeira, no centro da cidade.

I Encontro de Integração Estadual dos CEAEs em BH reúne representantes de 28 municípios

Leopoldina participa em BH do 1º Encontro dos Centros Estaduais de Atenção Especializada

Mais Notícias